Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




completa a frase

17.09.15

A Fatia Mor nomeou-me para a Tag: completa a frase.

Aqui vai!

 

Sou muito sei lá! Desinteressante, pronto.

 

Não suporto ver o meu filho doente.

 

Já me zanguei com a vida. Mas depois fizemos as pazes.

 

Quando era criança nunca fiz birras e era patinho feio: penso no olho, óculos, gorda e aparelho nos dentes. Mas tive uma infância feliz (obrigada, pais, avós e bisavós!)

 

Neste exacto momento é de noite, estou a teclar, o marido tecla nas coisas dele, o filho dorme e a tv está na sic mulher.

 

Morro de medo de andar de avião. Já andei, sempre drogada... DE-TES-TO! E agora com um filho... só quando ele pedir muito para ir à Disneyland!

 

Sempre gostei da Natureza.

 

Se eu pudesse fazia deste mundo, um mundo mais equilibrado.

 

Adoro a minha família.

 

Fico feliz com o sorriso do meu filho, com aqueles braços à volta do meu pescoço, quando estou com as minhas amigas, com o meu filho a brincar com os meus pais, com elogios do marido.

 

Se pudesse voltar no tempo diria coisas que não disse e faria coisas que não fiz.

 

Quero viajar até à Disneyland daqui a uns anos e a Nova Iorque na altura da passagem de ano (quando inventarem o teletransporte).

 

Eu preciso do sorriso do meu filho todos os dias; de falar/escrever à minha mãe todos os dias; que me escutem; que me olhem; de sol; de mudar de casa e de localidade; dos números do euromilhões.

 

As minhas vítimas são:

4 reizinhos

a miúda

três rapazes e um cão

bata e batom

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





Comentários recentes



subscrever feeds