Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a festa de natal

15.12.15

Expectativa: ele ficar imóvel e chorar em cima do palco.

Realidade: dançou e cantou tudo certinho e nem me viu!

Não fizeram ensaio geral, por isso foram para um salão onde nunca tinham estado. Seguiu atrás da auxiliar meio desconfiado. Expliquei-lhe o que ia fazer e assegurei-lhe de que não iríamos sair dali.

Uns minutos depois, a auxilar passa por mim e comenta que ele estava com birra... normal: afinal estava num sítio onde nunca tinha estado e a confusão nos bastidores devia ser alguma. Perguntei se era preciso ir para perto dele. Ela disse que não. Eu resignei-me a ficar sentada. 2 minutos depois, ela espreita pela cortina do palco e faz-me um  "ele já está bem". São estas pequenas coisas que me fazem adorá-la! O meu coração sossegou.

A cortina abriu algumas vezes... nunca mais chegava à vez dele. 5 músicas depois, ele aparece! Os seus olhos ainda nos procuraram, mas assim que a canção começou, concentrou-se e foi maravilhoso!

A baba era tanta!!! Fiquei tão mas tão mas tão orgulhosa do meu pirralho!!!!!!!!! Até a auxiliar ficou surpreendida.

Eu vi-o através dos meus olhos, à antiga, felizmente estava na primeira fila e não tive 50 ecrãs apontados à minha frente. Queria que ele visse o meu sorriso caso olhasse para mim, não uma câmara apontada. Só cantou uma música e ainda bem que o marido filmou, pois só em casa é que eu olhei para os outros miúdos.  

Sei que os outros pais pensam o mesmo, mas o meu piolho esteve muita bem!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





Comentários recentes



subscrever feeds