Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Há um ano atrás, depois de acordar e de uma troca de fralda, fui colocar som no telemóvel. Tinha uma sms. Dizia que o Pantera Negra tinha partido. Só podia estar a sonhar. Liguei a tv com um nó na garganta. Era verdade. Seguiram-se 2 dias de lágrimas a olhar para a tv.

Nunca esquecerei: a despedida no estádio. Nós os 3 no sofá, eu e ele a chorar, o nosso filho, com um ano e meio, no meu colo que ao ver tanta gente a bater palmas, também começou a bater palminhas ao Eusébio. Um dia conto-lhe quem foi Eusébio. Até sempre.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De jogar baccarat a 11.01.2015 às 22:55

Um ano de saudade. Ficam os vídeos, as memórias e a certeza de que o Rei é eterno :)

Comentar post





Comentários recentes